Conheça os vencedores do Prémio Nacional de Turismo

Os vencedores da 2ª edição do Prémio Nacional de Turismo (PNT 2020) foram ontem conhecidos num evento virtual que celebrou a capacidade do sector em mostrar que é possível viajar e fazer férias de forma segura em Portugal, apesar da pandemia. A iniciativa, organizada em parceria entre o BPI e o semanário Expresso, reuniu a participação de mais de 400 negócios, projetos e personalidades.

Mário Pereira Gonçalves, histórico presidente da AHRESP – Associação de Hotelaria, Restauração e Similares, foi homenageado com o Prémio Carreira, pelo seu contributo para o desenvolvimento e qualificação da Restauração e da Hotelaria.

Nas cinco categorias a concurso o júri decidiu reconhecer as seguintes empresas e iniciativas:

Turismo em Rede (Vencedor): Book in Xisto – Liderada pela ADXTUR – Agência para o Desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto, esta plataforma digital de comércio justo permite reservar alojamentos, restaurantes e experiências nas 27 Aldeias do Xisto.

Turismo Autêntico (Vencedor): Casa de São Lourenço – Único hotel de 5 estrelas localizado na Serra da Estrela, resulta da remodelação de uma das primeiras Pousadas de Portugal e distingue-se pela promoção e valorização do património da região. (Menção Honrosa): Grande Rota Peneda Gerês (GR50) – Com cerca de 200 km, distribuídos por 19 etapas, a GR 50 atravessa o Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Turismo Sustentável (Vencedor): Projeto da Certificação dos Açores como Destino Turístico Sustentável – Liderado pela Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo, o projeto permitiu aos Açores tornarem-se o primeiro arquipélago no Mundo a alcançar certificação internacional de destino sustentável, por uma entidade acreditada pelo Conselho Global de Turismo Sustentável.

Turismo Inteligente (Vencedor): Envision@Pestana – Programa de open innovation para colaboradores do Grupo Pestana que, entre outros projetos e iniciativas, permite a exploração de soluções, de forma colaborativa e social, para os desafios da organização. (Menção Honrosa): Smart Resort – ferramenta de business intelligence para apoio à gestão dos empreendimentos turísticos de Vale do Lobo, Dunas Douradas e Vale do Garrão.

Turismo de Confiança (Vencedor): Selo “Clean & Safe” – Criado pelo Turismo de Portugal para dar resposta aos desafios sanitários da pandemia, o selo “Clean & Safe” distingue as empresas do setor do Turismo que cumprem as recomendações da DireçãoGeral da Saúde para evitar a contaminação dos espaços com o novo coronavírus.

Pedro Barreto, Administrador Executivo do BPI, destacou que “o Prémio Nacional de Turismo está consolidado como o grande evento de celebração da resiliência e da capacidade de inovação num sector que tem sido e continuará a ser um dos eixos de crescimento do país. Apesar dos desafios colocados pela pandemia, os operadores turísticos continuam apostados em promover um turismo autêntico e sustentável e em investir na transformação digital. E podem contar com o apoio do BPI no financiamento de todos os bons projetos e na promoção de um turismo inteligente e sustentável”.

O PNT foi criado com o objetivo de premiar as empresas portuguesas que se distingam como casos de sucesso no setor do turismo. A edição de 2020 foi adaptada, para se ajustar aos fatores a que o setor tem de dar resposta no âmbito da pandemia e aos novos desafios  que se anteveem, baseando-se nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

A iniciativa do BPI e do semanário Expresso conta com o alto patrocínio do Ministério da Economia e da Transição Digital, o apoio institucional do Turismo de Portugal, IP, e o apoio da Deloitte, como knowledge partner. O PNT 2020 recebeu 401 candidaturas e nomeações de empresas turísticas de todo o país.Deste total, 41% dizem respeito a Turismo Autêntico, 15% a Turismo em Rede, 18% a Turismo de Confiança, 9% a Turismo Inteligente e 17% a Turismo Sustentável. Foram também efetuadas 36 nomeações destinadas à categoria especial “Carreira”. A qualidade das candidaturas foi avaliada por Comités Técnicos e por um Júri, constituído por representantes de diferentes quadrantes da sociedade portuguesa. Qualidade e inovação da oferta, satisfação do cliente, qualificação ambiental, performance operacional e contributo para o desenvolvimento turístico foram alguns dos critérios considerados para essa avaliação e eleição dos vencedores.